22091
post-template-default,single,single-post,postid-22091,single-format-standard,qode-social-login-1.1.2,qode-restaurant-1.1.1,stockholm-core-1.0.8,woocommerce-no-js,select-child-theme-ver-1.1,select-theme-ver-5.1.5,ajax_fade,page_not_loaded,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

10 coisas que precisas de saber antes de começares o teu armário cápsula

10 coisas que precisas de saber antes de começares o teu armário cápsula

O conceito de armário cápsula desperta cada vez mais curiosidade uma vez que promete simplificar a vida a quem se desespera a vestir de manhã diariamente. No entanto há alguns factores que fazem muitas pessoas desistir antes mesmo de começar. 

Neste artigo vou falar-te de 10 coisas que precisas de saber antes de começares o teu armário cápsula. Espero que te ajudem a começar finalmente esta tarefa que simplificará em muito a tua vida e melhorará a tua relação com o armário.
 

10 coisas que precisas de saber antes de começares o teu armário cápsula

 

1 – Número de Peças

Não tens de fazer um armário apenas com 30, 40 50 peças. A ideia não é focares-te num número e tirares peças à toa até ficares com 40 peças por exemplo. Se pensar num número te angústia esquece o número. Ter 100 peças num armário cápsula pode atrapalhar a ideia de facilitar o dia a dia de manhã mas terás de ser tu a descobrir o teu número ideal e ir afinando o teu armário neste que é um processo iterativo.

2 – Cores

Um armário cápsula não tem de ser feito de cores neutras.Vemos muitas imagens de armários cápsula com neutros e essa ideia acaba por ser interiorizada. Num armário cápsula as cores devem conjugar entre si e têm de ser as tuas cores favoritas e as que gostas mesmo de usar senão para que serve um armário de revista que nunca usas?

3 – Começar do Zero

Um armário cápsula é para ser feito com as tuas peças de roupa favoritas. A não ser que tenhas feito uma grande mudança na vida e não gostes de nada do teu armário muitas peças serão aproveitadas. O começar do zero não significa deitar tudo fora e comprar tudo novo mas sim olhar com atenção para as peças que tens e perceber se faz ou não sentido mantê-las.

4 – Estilo minimalista

 Associamos naturalmente alguém que tem necessidade de simplificar o armário a um estilo de vida minimalista mas não tens de ser minimalista para teres um armário cápsula nem no teu estilo de vida nem no teu estilo pessoal. Pela minha experiência posso dizer que depois de simplificar o armário fiquei com vontade de simplificar outras partes da casa mas isso não é necessariamente uma regra.

5 – Sazonalidade

Podes pensar no teu armário cápsula como um armário anual ou podes dividi-lo por estações. Aqui tal como nos outros pontos deves fazer o que faz mais sentido para ti. No meu caso tenho uma cápsula por estação com peças exclusivas de uma estação e outras que percorrem todas as estações. As mudanças mais acentuadas na minha cápsula dão-se na Primavera e no Outono, alturas em que sinto mais necessidade de mudança em termos de materiais e de cores.

6 – Essenciais

Fala-se muito das peças essenciais num armário cápsula. É preciso cuidado com este tópico uma vez que tens de descobrir quais são os teus essenciais de acordo com o teu estilo pessoal e o teu estilo de vida. Não adianta teres um blazer preto ou uma camisa branca porque leste numa revista que eram peças essenciais se depois essas peças não combinam contigo ou com o teu estilo de vida. Podes ler mais sobre este tema aqui.

7 – Criatividade

Quando temos menos peças aprendemos a conjugá-las de muitas maneiras diferentes. Saímos da zona de conforto e posso garantir-te que a relação com o armário melhora muito mesmo. Na imagem abaixo podem visualizar 10 looks que fiz com apenas 10 peças do meu armário de Verão de 2019, incluindo calçado.

Armário cápsula

8 – Qualidade

Quando descobres a tua fórmula as peças que funcionam mesmo contigo e que te fazem sentir bem vais querer a melhor qualidade possível para que durem no armário. Imagina que encontraste as calças pretas perfeitas para ti. Primeiro não vais precisar de mais 5 calças pretas porque estas são perfeitas e outras calças da mesma cor não vão originar looks diferentes. Depois vais querer que sejam de muita qualidade para durarem o máximo possível. 

9 – Sustentabilidade

Esta pode não ser uma relação direta mas se passamos a comprar melhor com mais cuidado e a usar as nossas peças ao limite em inúmeras combinações possíveis vamos dar mais uso ao que já temos e comprar menos e melhor. Ter um armário sustentável não significa necessariamente passar a comprar apenas de marcas sustentáveis mas sim usar melhor os recursos/peças que já temos disponíveis no nosso armário ou até no armário das amigas, das primas, das avós.

10 – Inspiração

Para quem precisa de inspiração diária para criar looks recomendo o uso do Pinterest. Podem encontrar looks de inspiração para determinadas peças que não sabem como conjugar. É muito útil na altura de decidirem que peças devem manter no vosso armário e qual a melhor forma de conjugarem as vossas peças preferidas. De igual forma na altura de decidir por uma nova peça de roupa recriam ao pinterest para perceber se conseguem fazer muitos looks juntando a peça que querem comprar com outras que já tenham no vosso armário. Recomendo também a página da Maria Gonçalves no instagram que tem diariamente ideias de looks do seu armário cápsula. Na imagem abaixo podem ver algumas ideias de como usar uma camisa branca tudo looks que retirei do Pinterest. 

5 formas de usar uma camisa branca

Podes saber mais sobre como criar o teu armário cápsula neste artigo.

Se gostavas de começar o teu armário cápsula mas não sabes como começar fala comigo.

Acompanha-me no Instagram é lá que vou deixando diariamente looks de inspiração, dicas para simplificar a hora de vestir e para comprar de forma mais consciente.

 


Gostaste deste artigo? Guarda-o no Pinterest!

 

Armário Cápsula

No Comments

Post a Comment